Newsletter

Aprenda a escolher a melhor panela para sua cozinha

Tamanho da letra A-A+

Compartilhe com os amigos:
Aprenda a escolher a melhor panela para sua cozinha

A escolha da panela pode fazer toda a diferença no resultado da sua receita. Alguns materiais retêm o calor por mais tempo e são perfeitos para o preparo de cozidos; outros chegam a ressaltar o sabor dos alimentos. Veja neste manual as vantagens e desvantagens de cada modelo e aprenda que cuidados tomar para que elas durem mais tempo.


Panela de alumínio
Vantagens: Entre todos os tipos de panela, esse é o mais barato. As que têm o fundo grosso são ótimas para dourar carnes.

Desvantagens: O metal pode alterar a cor e até o sabor da comida. Além disso, esse material não retém o calor e é difícil de lavar.

Dica: Para acabar com as manchas escuras da panela, encha-a com água, acrescente o suco de 1 limão e deixe ferver até clarear. Por fim, lave-a normalmente.


Panela de ferro
Vantagens: Estudos comprovam que o mineral, liberado durante o cozimento, vai para o alimento e o deixa com uma maior quantidade de ferro, auxiliando no combate a anemia. Além disso, conserva melhor a temperatura, o que garante uma economia de gás.  É indicada para o preparo de pratos que levam muito tempo no fogo, como os cozidos e ensopados.

Desvantagens: É muito pesada e pode enferrujar. 

Dica: Na hora da compra, escolha as de cabo de madeira, que não esquentam.


Panela de barro e cerâmica
Vantagens: Conserva o calor por muito tempo. E, como é charmosa, pode ser levada à mesa. Indicada para o preparo de sopas, cozidos e feijoadas.

Desvantagem: Demora mais tempo para esquentar.

Dica: Antes de usá-la, unte com óleo e leve ao fogo até soltar uma fumaça escura. Lave-a e seque no fogo. Ambas podem ser usadas no micro-ondas e forno. Mas atenção: utilize apenas utensílios de silicone!


Panela de inox
Vantagens: Distribui igualmente o calor e resiste a variações bruscas de temperatura. Ideal para cozinhar macarrão e preparar arroz.

Desvantagens: Não é indicada para frituras, já que o óleo pode aquecer demais. Por isso, fique atenta para a comida não passar do ponto. E cuidado para não queimar as mãos, pois as alças também esquentam.

Dica: Para evitar que risque ou manche, lave-a após o uso com esponja macia e seque bem.


Panela antiaderente - Teflon®
Vantagens: Por causa do Teflon®, o alimento não gruda na panela. Assim, usa-se menos óleo, o que reduz a quantidade de gordura dos alimentos. Indicada para o preparo de bifes e frangos sem a adição de óleo.

Desvantagem: Risca com muita facilidade.  Para evitar o problema, utilize apenas colheres e espátulas de plástico ou de madeira e jamais lave com esponjas abrasivas, que danificam a camada antiaderente.

Dica: Antes do primeiro uso, unte com um pouco de óleo e leve ao fogo até esquentar. Este procedimento irá cozer o antiaderente garantindo um melhor desempenho.


Panela de vidro temperado
Vantagens: Vai ao forno de micro-ondas e na máquina de lavar louças.  Super-higiênica, não acumula resíduos. Indicada para fazer ensopados, já que a transparência facilita a dosagem de líquidos.

Desvantagens: Seu aquecimento não é homogêneo e o alimento gruda facilmente. Delicada, quebra com facilidade.

Dica: Para evitar danos, envolva-a em um pano macio antes de guardá-la.


Panela de cobre
Vantagens: O cobre é ótimo condutor de calor. Por isso, a panela aquece de maneira uniforme e retém o calor por mais tempo.

Desvantagens: Em contato com o sal, o cobre pode ser liberado para o alimento e causar danos à saúde. Por isso, essa panela é indicada para o preparo de doces. O ideal é que a panela tenha revestimento interno, geralmente de aço inox, para evitar este problema.

Dica: No dia a dia, lave-a com esponja macia e detergente neutro e evite produtos abrasivos ou esponja de aço.


Panela esmaltada (ágata)
Vantagens: Leva uma camada de esmalte especial, de vários minerais, para resistir às altas temperaturas e evitar a contaminação por germes e bactérias. Ela se aquece rapidamente e mantém bem o calor. É usada para cozinhar pouca quantidade de alimentos, molhos e sopas.

Desvantagens: São superdelicadas. A camada de esmalte descasca facilmente com pequenas batidas.

Dica: Na hora da limpeza não use materiais ásperos e produtos químicos fortes. 


Panela de pedra-sabão
Vantagens: Cozinha sem alterar o sabor dos alimentos. Pelo contrário, ressalta ainda mais. Também consegue aquecer os ingredientes por igual e dura por muitos anos. Ela é ótima para cozinhar moquecas, feijoadas e preparar receitas da cozinha mineira.

Desvantagens: Tem a superfície porosa e pode abrigar micro-organismos. Por isso, é preciso caprichar na limpeza. Use fogo baixo no início do cozimento, para que ela não rache devido ao choque térmico.

Dica: Antes do primeiro uso, impermeabilize a panela com óleo vegetal, encha com água e leve ao forno por duas horas.

voltar para nutrição simplificada

usuário

Caracteres restantes: 200