Newsletter

Receitas

Tender ao Molho de Vinho Tinto

Tamanho da letra A- A+

Compartilhe com os amigos:

  • Acima de 1 hora
  • Outros

Já testou esta receita?

Dê uma nota: 4050
Tender ao Molho de Vinho Tinto

O vinho tinto e o alecrim são ideais para dar sabor ao Tender, pois são marcantes e combinam bem com carne suína.

rende 18 porções

Ingredientes

Ver Tags

Modo de Preparo

  • 01

    Com uma faca bem afiada, faça riscos em forma de losangos na superfície do tender e espete um cravo-da-índia em cada cruzamento. Acomode-o em uma assadeira e pincele com uma pasta feita com o mel (ou a glucose), o alecrim e a margarina. Regue com 1 ½ xícara (chá) de vinho, ½ xícara (chá) de água e cubra com papel-alumínio.

  • 02

    Asse por 1 hora e 30 minutos em forno preaquecido a uma temperatura média-alta (210ºC). Retire o papel-alumínio, regue com um pouco de caldo do cozimento e asse por mais 40 minutos.

  • 03

    Retire o tender do forno, transfira para a travessa em que for servir e leve a assadeira ao fogo com o vinho restante. Reduza por 15 minutos. Acerte o sal e, se estiver muito ácido, coloque uma pitada de açúcar. Sirva com uma farofa de fruta frescas e com o molho de vinho.

    Toque Especial

    Se quiser um molho mais encorpado, acrescente uma pasta feita com 1 colher (chá) de Margarina Qualy Cremosa, 1 colher (chá) de farinha de trigo e ferva por mais 5 minutos.

Informaçãoes Nutricionais

Valor Calórico 391 kcal = 1637,04kJ
Carboidratos 4,80 g
Proteínas 28 g
Gorduras Totais 29 g
Gorduras Saturadas 9,10 g
Gordura Trans 0 g
Colesterol 45 mg
Fibra Alimentar 0 g
Sódio 2245 mg

Dicas para seu jantar ser um sucesso

Coloque um pouco de verde na Ceia de Natal

Uma salada verde é um ótimo acompanhamento para qualquer prato. Para montar uma bem bonita, é muito importante usar ingredientes frescos e selecionados.

O primeiro passo é escolher o mix de folhas. Separe pelo menos um tipo de alface verde, como por exemplo, americana, romana, lisa ou crespa, e complete a seleção com um pouco de alface crespa roxa, para fazer um contraste de cores.

Depois, escolha também uma opção de folha verde escura, que pode ser agrião, rúcula ou almeirão. Não use mais de uma dessas na mesma salada, porque todas possuem sabores muito marcantes. O radiccio tem uma cor viva e intensa, mas também deve ser usado com cautela para não deixar a salada muito amarga. Outras opções interessantes são as miniaturas,  como mini agrião, mini rúcula e escarola frizeé. Use estas e outras novidades para dar asas a sua imaginação e personalizar a sua salada.

Depois de higienizar as folhas e secá-las em um secador de salada próprio para essa finalidade, rasgue-as com as próprias mãos. Não utilize a faca, pois ela oxida as folhas deixando-as com um aspecto escuro e feio. Aproveite esse momento para colocar todo o seu amor nos ingredientes. Quando terminar, acomode as folhas de maneira harmoniosa numa bela travessa e parta para o último passo: o preparo do molho.

Para temperar a salada, faça um molho com três ingredientes básicos: uma parte de azeite, sal a gosto e meia parte de um elemento ácido, que pode ser um vinagre comum ou aromatizado, aceto balsâmico, suco de limão ou qualquer outra fruta ácida. Primeiro dissolva o sal no elemento ácido. Depois, adicione o azeite aos poucos, batendo com um garfo até obter uma mistura homogênea. Lembre-se de que o molho deve ser utilizado apenas na hora da refeição, para que as folhas não murchem. Aí é só misturar bem e servir.

Rede Social Sadia
Veja mais dicas
 
Mascote Sadia

Familia de fãs deste produto